28 de abril de 2017

Victor Gashnikov Music and History

Situada ao norte da Eurásia, a Rússia é o país de maior área no planeta e está entre os mais populosos. O país está entre os 10 países mais visitados por turistas estrangeiros. A diversidade cultural no país se dá pela sua diversidade étnica. Um dos principais expoentes da arte Russa é o compositor de musicas clássicas  Piotr Ilitch Tchaikovsky ou simplesmente Tchaikovsky, como o conhecemos; apreciado no mundo inteiro por suas brilhantes e enérgicas peças musicais.

É da terra de Tchaikovsky que vem nosso entrevistado, o pianista e compositor Victor Gashnikov (31). Victor é nascido na cidade de Makhachkala na região sul do país e atualmente vive em Moscou. O artista nos conta que sempre se interessou por musica e desde 1998 passou a pesquisar mais detidamente sobre o assunto procurando ouvir novos artistas e bandas.            

Seus pais sempre o ajudaram, em especial sua mãe a quem o artista é muito agradecido, eles também compraram seu primeiro instrumento. “Eu sempre escrevi musicas para minha mãe para agradecê-la por seu infinito apoio”, ressalta. Uma dessas composições é a musica The Only One. O principal instrumento do artista é o piano e recentemente começou a aprender bateria para melhorar sua performance no piano.

Victor começou a estudar piano entre os 17 e 18 anos, as aulas eram em sua casa com uma professora particular, a senhora Nadezhda. “Sou muito agradecido pela paciência que ela teve, porque eu não era um perfeito aluno de vez em quando”, comenta.


O artista se valia da grande coleção de CDs de seu pai para conhecer novos trabalhos. “Eu pegava um CD sem saber absolutamente nada sobre o artista ou a banda e o escutava, entre eles conheci Michael Jackson, Sade, The Police, Led Zeppelin a Deep Purple”, descreve. De acordo com o artista, a lista de artistas que o inspira é infinita, “há muitos artistas solos e bandas maravilhosas”, enfatiza.

Segundo Victor, sua inspiração para compor vem todas as partes e de todas as coisas como exemplo: livros, filmes e musicas. Seu processo de composição é variável. “Às vezes as melodias vêm quando estou praticando, em outras ocasiões me surge uma ideia antes de começar a escrever algo”, revela.

Perguntado sobre suas criações favoritas, o artista argumenta que é uma difícil questão para ele. “Cada uma de minhas composições significa algo para mim, há sempre uma história por de traz, eu seria incapaz de eleger uma”, pondera. Depois de tocar em várias bandas, em 2010 o artista inicia carreira solo.

Em 2012 Victor lançou o EP ‘Piano Thing’ que agora está também disponível em CD contendo as musicas: Sad Happiness, Chasing The Shadows, Where Does It All Go?, Persona e Thought Of You. Sua carreira é totalmente independente, todas as composições são de sua autoria e gravadas em seu estúdio na cidade de Moscou.


Suas influências vão de Red Hot Chili Peppers à The White Stripes, Muse e Keith Mina Caputo. Seu estilo pode ser descrito por: um genuíno roqueiro tocando piano, as harmonias clássicas e melodias suavemente tocadas pelo rock dão um sabor especial às suas composições. Sua mais recente criação é a peça ‘No False Hope’ (2017). “Às vezes ideias para composições vêm por si só, tudo que você tem a fazer é anotá-lo antes que você não se esqueça. É a peça mais longa que eu escrevi até hoje”, revela. O título da musica lhe surgiu enquanto caminhava com um amigo e esse lhe perguntou se estava seguro em relação a carreira musical então ele respondeu quase que imediatamente: "Nenhuma esperança falsa". 


Victor acrescenta que, dizer que musica é uma grande parte de sua vida seria muito simplista. “A musica é o caminho para expressar emoções e sentimentos que as palavras não podem descrever; é uma linguagem universal, você não precisa saber Inglês, Português ou Russo para entendê-la” ressalta. Para conhecer mais sobre a obra de Victor Gashnikov acesse: Victor Gashnikov Official Website, Twitter, Fan Page, Google+, YouTube, Vimeo, iTunes, Spotify e Instagram.